Sábado, 23 de Marco de 2019
ENTRE RIOS
Entrerriense disputa o Rei Momo de Salvador e primeira etapa é conseguir doadores de sangue
Imagem: Redação
Publicado em 30/01/2019

Em uma parceria para salvar vidas, a Fundação Hemoba e a Federação de Entidades Carnavalescas e Culturais da Bahia realizam uma campanha de mobilização de doadores de sangue com os candidatos a Rei Momo do carnaval 2019. A iniciativa prevê que cada um dos 17 participantes do concurso, consiga encaminhar o número mínimo de 10 candidatos a doadores de sangue aos pontos de coleta da Hemoba.

De acordo com a diretora de Hemoterapia da Hemoba, Rivânia Andrade, a campanha contempla todas as unidades do órgão no estado e no momento do cadastro, o possível doador irá informar o nome do candidato a rei momo responsável pela indicação. “Esta é uma ação que ocorre nas unidades do interior e da capital, além dos hemóveis. É importante destacar que independente das condições de aptidão ou não das pessoas para a doação, o que importa é o comparecimento e a ação altruísta das pessoas para doar sangue. É uma parceria que além do aumento das doações, conscientiza e sensibiliza as pessoas para o ato de doação”.

Na manhã desta segunda-feira (28), os candidatos a rei momo estiveram reunidos no auditório da Fundação para participar de uma palestra sobre os critérios e requisitos para a doação de sangue. O coordenador do concurso Rei Momo, Reginaldo Santos, explicou os motivos da parceria com a Hemoba. “O Rei Momo é uma figura da maior expressão do carnaval e um veículo importante das causas sociais da cidade. A ideia é assistir as pessoas neste momento de folia. Estamos realizando essa palestra com os candidatos para que eles entendam o valor dessa ação que não se resume a apenas encaminhar candidatos a doação. É um trabalho em prol das causas sociais da cidade que não podem estar isoladas neste momento de folia”.

Ainda segundo o coordenador, os candidatos que atingirem a meta receberão cinco pontos e o nome do Rei Momo 2019 será conhecido no dia 19 de fevereiro. Além desta ação, em paralelo é realizada uma campanha para doação de alimentos não-perecíveis e produtos de higiene que serão encaminhados para instituições de caridade.

A coordenadora de captação de doadores da Hemoba, Iara Matos, responsável por ministrar a palestra, destacou que apenas 1,3% da população baiana é doadora de sangue. Ela ainda aproveitou para pontuar que os estoques de sangue fator RH negativo continuam em situação crítica. “É uma estratégia importantíssima ainda mais nesse período de férias e carnaval. É um período que os hemocentros de todo o país se organizam e precisam ter o estoque de sangue regular para atender qualquer demanda que se apresente”.

Informe na doação que é para o Rei Momo Renildo Barbosa ou o número 0149.

Em Salvador podem ir ao HEMOBA Central, na Ladeira do HGE ou nos seguintes postos: Obras Assistenciais de Irmã Dulce (Largo de Roma), Hospital do Subúrbio (Periperi) e Cajazeiras.

Podem doar, também, no Hemóvel, que estará disponível nos Shopping da Bahia, Salvador Shopping e no Salvador Norte Shopping.

No interior do Estado podem ir nos Hemocentros Regionais de Barreiras e Eunápolis, e nos UCTS de Alagoinhas, Brumado, Camaçari, Feira de Santana, Guanambi, Irecê, Itaberaba, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santo Antonio de Jesus, Seabra, Senhor do Bomfim, Teixeira de Freitas, Vitória da Conquista, Valença.

Para maiores informações entre em contato com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia – HEMOBA, através do telefone: (71) 3116-5642/43.

Doe Sangue! Doe Alegria !

Renildo Barbosa - Rei Momo da Proteção e da Alegria !
Número 0149

Em breve matéria mais detalhada sobre o Rei Momo Renildo Barbosa



Por: RENILDO BARBOSA /HEMOBA/ SAÚDE
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados - 1 usuários online - Páginas visitadas hoje: 1