Sábado, 23 de Marco de 2019
JANEIRO BRANCO
A psicologia em ação em Entre Rios e Cardeal da Silva: Campanha Janeiro branco
Imagem: Redação
Publicado em 31/01/2019

Se o mês de outubro é rosa (combate ao câncer de mama) e o período de novembro é azul (combate ao câncer de próstata), janeiro é branco! Apesar de pouco falado, o primeiro mês do ano é dedicado à conscientização dos cuidados com a nossa saúde mental, quebrando tabus e mostrando a importância de estar em dia com o nosso cérebro.

A campanha, criada por psicólogos brasileiros, também tem como objetivo abrir novas possibilidades para tratamentos nos aspectos emocionais e mentais da nossa vida. Criada em 2014, em Minas Gerais, a campanha conta com a participação de diversos profissionais que colaboram participando de palestras, debates e vídeos informativos sobre a importância do Janeiro Branco.

"É uma campanha criada e promovida por psicólogos com o propósito de convidar a população a discutir a importância do cuidado com a saúde mental em busca de mais felicidade e qualidade de vida. O mês de janeiro foi escolhido, pois representa, simbólica e culturalmente, um mês de renovação de esperanças e projetos na vida das pessoas. Muitas vezes, ao fim de cada ano, fazemos avaliações de como foi o ano que passou e de como queremos que o próximo seja, e a campanha propõe o debate e o planejamento de ações em prol de sua saúde mental. Com a campanha pretende-se difundir um conceito ampliado de saúde mental e saúde emocional, como um estado de equilíbrio." disse um idealizadores da campanha

Devido ser uma pauta de grande importância para o bem estar social, idealizadoras locais trouxeram em 2018, a 1ª edição do Janeiro branco a Entre Rios, em formato de uma Mesa Redonda com tema: Estratégias de Enfrentamento ao racismo e promoção de saúde mental, cujo objetivo foi apresentar dados à cerca da existência do racismo institucional no Brasil e como a psicologia pode atuar nesse sentido. Recebendo o apoio da Paróquia nossa senhora dos prazeres - CECOPAR, na pessoa do Pe. João Primo.

Dando sequência em 2019, realizaram também na cidade uma Roda de conversa com tema: Muita coisa pra viver – A saúde emocional na melhor idade. Promovendo uma tarde interativa com o propósito de que o público presente compreendesse sua idade não como um período de limitações e finitude, mas, como uma fase de muitas possibilidades. Recebendo o apoio da Preferencial Bem Estar – na pessoa de Aline Pires, engenheira de produção e responsável.

Neste mesmo ano, em Cardeal da Silva, realizaram atividades da campanha na Associação mulheres quilombolas guerreiras de cardeal, uma roda de conversa à cerca da ansiedade, com apoio de Lília – presidente da associação.

As idealizadoras desse movimento local, compõem uma equipe de trabalho e estudos em psicologia, com a graduanda Elisângela Bernardo e três psicólogas: Janete dos Santos, Laila Moura e Valéria Souza, que desenvolvem algumas ações comunitárias.

Idealizadores locais


Fotos dos encontros:




Por: Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados - 1 usuários online - Páginas visitadas hoje: 1