Sexta, 06 de Dezembro de 2019
PORTO DE SAUÍPE
Soro vencido, há 5 meses, é aplicado em criança em Posto de Saúde de Entre Rios
Imagem: Redação
Publicado em 23/11/2019

Uma criança foi medicada no fim da noite dessa sexta(22/11), com SOLUÇÃO DE CLORETO DE SÓDIO 0,9 %, com data de validade vencida há 5 meses, no Posto de Saúde em Porto de Sauípe, litoral de Entre Rios, segundo mãe da criança.

De acordo com a mesma, ela precisou levar o filho ao Posto de Saúde por conta de sintomas de uma virose que a criança apresentava. Foi necessário a aplicação intravenosa da solução de cloreto de sódio 0,9%, quando estava chegando no fim, a mãe percebeu que o medicamento estava vencido desde 06(junho) de 2019. Quando questionou a Enfermeira, a mesma disse que a validade do medicamento seria até 2021.

A mãe tirou a foto do soro para registro e perguntou em um grupo de Whatsapp, qual era a validade e se teria algum problema a criança tomar o medicamento vencido.

De acordo com CFM (Conselho Federal de Medicina), o soro vencido quando aplicado no paciente pode provocar febre, calafrios, o chamado ‘choque pirogênico’, causado por substâncias estranhas que podem conter no soro vencido ou mesmo em produto de baixa qualidade. Na bula do medicamento é dito que o mesmo não deve ser utilizado fora da validade.

Após a medicação, a mãe retornou para sua casa com a criança, sem saber se o medicamento faria mal ou não a criança. A criança retornou dormindo para casa.

Poderá ainda a mãe da criança, entrar com ação de indenização por dano moral contra a Prefeitura de Entre Rios, pelo erro cometido pelo profissional da área de saúde. Feita uma pesquisa por casos similares na Justiça, houve indenizações de valores entre R$ 10 mil a R$ 30 mil.

Por: Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados