Domingo, 23 de Setembro de 2018
Esplanada
Ansiedade toma conta de atores esplanadenses com a possível não realização do espetáculo a Paixão de Cristo
Imagem: Reprodução
Publicado em 09/03/2018

A 22° edição do espetáculo a Paixão de Cristo de Esplanada aconteceria no fim do mês de março ou início de Abril, caso os trabalhos tivessem sido desenvolvidos nos últimos meses.

De acordo participantes de longas datas a apresentação que se tornou o maior espetáculo a céu aberto do Litoral Norte da Bahia precisa de uma atenção e preparação especial antecipadamente todos os anos. O que em 2018 não aconteceu.

Em 2017 a apresentação foi realizada no dia 14/04 e contou com apresentação em Baixio o que se fosse dada a largada na próxima segunda 12/03 poderia comprometer a qualidade do evento, já que existe um curso de teatro para os novos atores todos os anos e um recurso público necessário para custeiro da estrutura e do professor de teatro.

Ansiosos atores criaram o grupo Luta pela Cultura no último dia 07/03 para obter mais informações sobre a realização ou não do evento, nas investidas dos participantes a única informação obtida foi que se estava aguardando o interesse do Prefeito Francisco da Cruz e do Secretário de Governo José Aldemir da Cruz.

Um texto de autoria de João Pedro Mattos, ator esplanadense circulou diversos grupos e timelines virtuais rerente ao evento que em edições anteriores já contou com cerca de 5 mil pessoas nas arquibancadas em dois dias de realização. Confira:

''Bom dia/boa tarde/boa noite amigos do Facebook.

Aqui estou mais uma vez fazendo uma publicação referente a gestão e cultura de nossa cidade.

O assunto que vou retratar é mais especificamente sobre o espetáculo anual A Paixão de Cristo. Até o exato momento não ouve nenhum manifesto dos responsáveis acerca de que se vai acontecer ou não. E quando nós procuramos informações sobre o que nos é dito é que provavelmente não vai acontecer.

Estou mobilizando um grupo de amigos que assim como eu estão sendo atingidos diretamente com isso, para correr atrás de respostas, para lutar pela cultura da nossa cidade pois é de indignar o descaso dessa gestão com a cultura do nosso município. E nós não vamos mais aceitar isso.

A única coisa que nós tínhamos referente a arte do teatro em nosso município era a paixão de Cristo e o casamento na Roça, que também não aconteceu ano passado por falta de interesse do governo. A paixão de Cristo com suas oficinas traziam um rico conhecimento e oportunidades para os jovens da cidade e dos assentamentos. Mas a questão é que até isso está sendo tirado de nós. Um espetáculo que já virou uma programação tradicional da cidade, uma atividade que trazia pessoas dos municípios vizinhos como público. Uma visibilidade de grande importância.

São mais de 50 jovens que participam todo ano da paixão de Cristo. Jovens que poderiam estar fazendo quaisquer atividades errôneas, mas que por conta da oportunidade estão aprendendo e conhecendo e participando da cultura, ou melhor estavam.

Eu sei que vão dar desculpa de que não tem dinheiro, mas isso não vai funcionar. A verba existe sim. Então onde ela está sendo aplicada? Na saúde educação é que não é, pois salários atrasados e falta de médicos estão aí aos montes.

Então queria compartilhar com vocês, mais uma vez a minha indignação com essa gestão e principalmente com a Secretaria de Cultura.

Peço que compartilhem se possível, que marquem os gestores, os fiscalizadores, os secretários. Quem puder nos dá respostas e quem puder nos ajudar.

É lamentável, pois a paixão de Cristo não só para mim, como para muitas outras pessoas é muito importante. Foi o início do meu amor pelo teatro e agora tá nessa situação''. Disse.

''Estou muitos triste, a cultura de Esplanada está morta, não se ajuda mais ninguém, todos os seguimentos culturais reclamam do péssimo tratamento e atenção da secretaria que deveria nos ajudar e não complicar a nossa situação, o ano se passou e nada mudou, por isso, nós que somos e fazemos a cultura de nossa cidade tomaremos nossa atitude''. Relatou um dos membros.

Até o fechamento da matéria a Prefeitura de Esplanada não tinha posicionado-se oficialmente sobre a realização do evento.

Cidades como Aporá e Conde já iniciaram seus ensaios desde o inicio de Fevereiro.


Por: Esplanada News
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 14 usuários online - Páginas visitadas hoje: 433