Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Criminalidade em campanha
Jornalista mineira é confundida com repórter da Folha que publicou matéria sobre Bolsonaro
Imagem: Reprodução/TV Globo
Publicado em 27/09/2018

Homônima de uma repórter da Folha de S. Paulo, a jornalista mineira Marina Dias, da Revista Encontro, teve seus dados pessoais divulgados em redes sociais e recebeu ameaças após a profissional do veículo nacional publicar uma reportagem sobre uma acusação feita pela ex-mulher do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo a Folha, Ana Cristina Valle afirmou ao Itamaraty, em 2011, que foi ameaçada de morte pelo capitão reformado do Exército. A ex-mulher de Bolsonaro nega a informação.

Após ter divulgadas informações como número de telefone, e-mail, data de nascimento e fotos, a repórter mineira alterou suas senhas, bloqueou suas contas em redes sociais e fará um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Crimes Cibernéticos.

“Fiquei muito atônita, muito impressionada com o fato de que ninguém liga se o que está replicando é ou não verdade, e pelo ódio e teor injustificável e absurdo das mensagens”, disse.

Por: Redação
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 30 usuários online - Páginas visitadas hoje: 795